segunda-feira, 14 de março de 2011

Enxoval no exterior

Cada vez mais casais viajam para montar o enxoval do bebê nos Estados Unidos. A CRESCER pesquisou e conta mais sobre essa nova maneira de fazer a primeira viagem em família


A primeira viagem de João, de 3 anos, foi para os Estados Unidos. A de sua irmã Isabel, hoje com um ano, também. E foi bem cedo: eles ainda estavam na barriga da mãe, a arquiteta Paula Hsieh, que viajou para montar o enxoval dos filhos no exterior. Se você conhece uma história parecida, não é coincidência. O número de casais que decide pegar um avião e fazer as compras em solo norte-americano é cada vez maior. Os motivos vão desde a busca por peças diferentes das vendidas por aqui até os preços que, para muitas coisas, são bem mais em conta, mesmo depois da conversão.

Os pais não estão sozinhos. Com a estabilidade econômica e a valorização do real em relação ao dólar, as viagens e as compras ficaram mais possíveis para todos os brasileiros. Dados do Banco central mostram que nunca se gastou tanto no exterior como neste ano. Até julho, o valor havia crescido 109,4% em comparação com o mesmo período de 2009. E isso tende aumentar ainda mais. A partir de 1º de outubro, passa a valer uma nova regra da Receita Federal que permite ao turista brasileiro trazer do exterior bens considerados de uso pessoal sem pagar impostos (confira o guia do órgão com perguntas e respostas sobre a nova determinação).

A CRESCER conversou com mães e pais que já fizeram isso e dão dicas do que comprar, onde é mais legal e do que é mais vantagem aqui. A nossa reportagem também fez as contas para mostrar os custos de se montar o mesmo enxoval básico no Brasil e nos Estados Unidos. Confira!

10 dicas para economizar no enxoval

Berço, cômoda, macacões... A lista de compras não tem fim. Mas, calma, você não precisa – nem deve – comprar tudo


Assim que descobrir a gravidez, os seus olhos vão ficar muito mais alertas para roupinhas, mamadeiras, berços, enfeites, brinquedos e objetos de decoração. Visitar lojas vai se tornar uma diversão e você vai ter vontade de comprar tudo! É muita coisa linda, delicada, difícil de resistir e para completar as listas de enxoval disponíveis na internet são quilométricas. Calma, vai dar tudo certo. CRESCER preparou 10 dicas para você economizar na compra do enxoval do bebê. Vale o esforço! Confira.

1. Faça uma poupança
Comece a guardar dinheiro assim que descobrir a gravidez. Essa poupança vai ser importante para que os gastos dos últimos meses não acumulem.

2. Priorize os itens essenciais
Claro que você vai morrer de vontade de comprar tudo que ver pela frente. Mas, para economizar, é melhor focar no indispensável: os móveis. Pesquise preços de berço e cômoda e procure pagar à vista porque ao longo da gravidez outros gastos surgirão. Se não for possível, negocie parcelas sem juros.

3. Economize nos detalhes
Após comprar os móveis, é hora de pensar na decoração – e nos detalhes – do quarto. Para economizar, invista em tintas coloridas e com efeito de textura que dão um efeito muito legal e são mais baratas do que tecidos e papéis de parede.

4. Aceite ajuda
Os parentes e amigos mais próximos vão querer participar desse momento. Afinal, é uma alegria para todos, receber um novo integrante da família. Não tenha vergonha e aceite os presentes que vão chegar com muito carinho.

5. Aproveite o chá de bebê
No sétimo mês, marque o evento e faça uma lista das coisas mais importantes. Quando os presentes chegarem, veja o que não ganhou e aí, sim, comece a comprar o que falta.

6. Maneire na escolha da lembrancinha
Se você perceber que vai se endividar com as lembrancinhas de maternidade, opte por bem-nascidos, que substituem os bem-casados das festas de casamento, ou escolha algo fácil para fazer em casa, como potinhos de brigadeiro de colher.

7. Faça trocas
Combine com parentes e amigos com filhos pequenos e promova permutas de roupas, acessórios, brinquedos e livros infantis em bom estado.

8. Invista em tamanhos grandes
Essa dica é clássica, mas não custa reforçar. Procure comprar, quando não ficar esquisito, peças um pouco maiores para o seu filho. Essa é uma forma de garantir que eles usem a roupa por mais tempo.

9. Não pague pela etiqueta
Escolher roupas caras por causa da marca é um luxo que só os pais fazem questão. Não caia nessa! Roupa tem que ser feita com um tecido confortável que não provoque alergia. E que sejam bonitas, claro.

10. Compre culotes com o pé dobrável
Assim, mesmo quando as peças começarem a ficar curtas, dá para continuar usando. É só dobrar o pé e colocar uma meia.


Enxoval no exterior

Cada vez mais casais viajam para montar o enxoval do bebê nos Estados Unidos. A CRESCER pesquisou e conta mais sobre essa nova maneira de fazer a primeira viagem em família


Vale a pena comprar o enxoval no exterior?

O carrinho sai mais barato, a babá eletrônica então, nem se fala. Realmente, comparar preços de eletrônicos e outras utilidades no Brasil e nos Estados Unidos é covardia. E a lista completa de um enxoval básico vai sair, sim, mais barata lá se for feita com produtos das mesmas marcas ou de qualidade similares.

Na viagem, seriam gastos cerca de R$ 6 mil por casal entre passagens (US$ 1.800, São Paulo / Miami com saídas em outubro de 2010), hospedagem (a partir de US$ 420 por sete dias), aluguel de carro (US$ 400 por sete dias) e alimentação (US$ 800 com folga). No fim das contas, fazer o enxoval nos EUA sai por cerca de R$ 8 mil. Quem tem facilidades, como lugar para ficar ou milhas aéreas, consegue baixar muito esses custos.


Seguindo a nossa lista de enxoval fizemos uma cotação nas maiores lojas brasileiras e nas internacionais. O resultado é que a mesma compra sairia por cerca de R$ 4.500 aqui e US$1.200 (R$ 2.100 aproximadamente, na cotação de 28 de setembro de 2010) lá. Claro, não se está levando em conta promoções e descontos de nenhum dos dois países.

Para pensar se vale mesmo a pena ou não, também é preciso pensar que mais do que o quanto as compras saem mais baratas, pode ser uma oportunidade gostosa para o casal viajar, passear e curtir. Caso seja o primeiro filho, vale aproveitar ainda os momentos a dois, que vão demorar um pouquinho para voltar.

O que levar em conta para se decidir pela viagem

- a fase da gravidez: médicos não recomendam viagens longas após a 36ª semana. E depois disso também fica muito cansativo "bater perna" em shoppings e outlets;

- a época do ano: na alta temporada (dezembro, janeiro, julho e agosto) passagens e estadia são mais caras;

- parcelamento: enquanto no Brasil dá para fazer o enxoval aos poucos, na viagem você terá de dispor de dinheiro para pagar muita coisa de uma só vez;

- o controle: os preços baixos e a sensação de que é a sua única chance de ter uma determinada coisa são um perigo para o bolso. É fácil perder o controle e comprar mais do que se precisa e coisas pouco úteis;

- as alternativas: muitos sites, como a Amazon, entregam no Brasil. Alguns produtos, mesmo depois de acrescido o frete, saem por bons preços.

Onde ir:

Carter’s - a preferida para comprar roupas para os bebês. Aproveite para comprar também peças para quando o seu filho ficar mais velho, mas fique atenta às coleções e estações do ano, que são invertidas aqui e no hemisfério norte;

Babies R us - é um shopping com tudo que um bebê precisa e tudo o que ele não precisa, mas os pais sonham e querem!

Target - também é um daqueles shoppings com tudo (de roupas a eletrônicos), nesse caso não só para bebês e crianças. É recomendado pela maioria dos viajantes.


Enxoval no exterior

Cada vez mais casais viajam para montar o enxoval do bebê nos Estados Unidos. A CRESCER pesquisou e conta mais sobre essa nova maneira de fazer a primeira viagem em família


As dicas de quem já foi

Miami e Orlando são conhecidas como paraísos das compras não é de hoje. Dentro dos Estados Unidos, as cidades são alguns dos destinos mais fáceis para brasileiros e também concentram grande quantidade de outlets e centros comerciais que vendem de tudo que se possa imaginar. Conversamos com 3 mães e um pai que já foram e dão suas dicas

Sem pagar estadia
A tia da mulher do cabeleireiro Marcos Cassolari tem um apartamento em Orlando e eles não precisariam pagar hotel. Lá se foram montar o enxoval da primeira filha. “Uma prima minha fez isso 10 anos atrás e cada vez mais amigos estão nessa. Antes eu achava que era bobagem, mas realmente faz diferença no preço. Aqui, roupinhas de malha boa custam no mínimo R$ 80 e lá com US$ 10, US$15 você compra coisas legais no outlet. A maior parte do que compramos foi de roupas mesmo. Outra coisa que vale muito a pena são os carrinhos. Só nele e no bebê conforto economizamos cerca de R$ 1.000 (em relação ao preço da mesma marca aqui). Acho que não compensa trazer mobiliário pois, além do transporte poder sair caro, se você precisar de assistência na montagem, não tem. Tem de levar em conta que aqui você pode ir comprando aos poucos e lá vai gastar tudo de uma vez. E tomar muito cuidado: o risco de gastar em excesso comprando coisas que não vai usar, já que tudo é baratinho, é enorme! (risos)”

Na costa Leste e na Oeste
A arquiteta Paula Hsieh fez suas compras em Orlando, Seattle e Los Angeles para seus dois filhos, um menino de 4 e uma menina de 1 ano. “A conta é mais ou menos a mesma sempre: as coisas saem pela metade do preço e qualquer coisa que você imaginar eles têm. Muita variedade de roupinhas, acessórios, coisas diferentes, outras opções. Eu acho que a cadeirinha de carro pode não ser uma vantagem, já que a lei pede que ela tenha o selo do Inmetro. É a banheirinha. Culturalmente, eles dão banho na pia da cozinha, ou nas banheiras de verdade, então é mais difícil achar uma que se adapte a nossos hábitos. Recomendo também cuidado com os brinquedos. Eles são muito grandes e o volume que ocupam pode provocar excesso de bagagem.”

Desconto em cima de desconto em NY
Nova York foi o destino escolhido pela coordenadora pedagógica Tatiana Villar. “Eu acho que vale a pena pagar passagem, hospedagem e tudo mais, sim. Você encontra ofertas de pacotes bem econômicos se planejar a viagem com um pouco de antecedência. Eu comprei tudo o que pude trazer. Além de já ser mais barato normalmente, lá eles têm liquidações para tudo, toda hora. Pegamos um feriado deles, com promoções relâmpago então tudo tinha mais descontos ainda, até nos outlets. Os brinquedos como tapetes e cadeiras de estimulação custam US$ 35, US$ 70 dólares, na babá eletrônica pagamos US$ 100. Muitas coisas compramos em sites e pedimos para entregar no hotel. É bom, pois às vezes você vê algo que gosta na internet, mas chega na loja e não tem mais. Também é ótimo para comprar roupas de grávida legais e em conta. E fique atento aos cupons que as lojas dão oferecendo mais descontos ainda.”

Miami para as compras
A analista de pesquisa de mercado Fabiana Bento Borgheres também foi para Nova York e para Miami. “Eu nunca tinha ido para lá e já tinha férias marcadas quando soube que estava grávida, então aproveitei as duas coisas. Mas não acho que compense os custos de um casal que pague tudo só para fazer o enxoval. Você precisa encarar como um dois em um, viagem + compras. Babá eletrônica vale muito a pena, roupinhas também. Mas a mamadeira acho arriscado, o bebê pode não se adaptar ao bico e pode não ter peça de reposição aqui. Também acho que temos coisas bacanas aqui que não têm por lá como peças de linho e com bordados. É muito legal, tem muita coisa barata. Mas lá tudo é melhor? Não acho. Aqui tem muita coisa boa e preços bons, é só procurar.”

Deixe para comprar por aqui:

- produtos de higiene e beleza. Você pode não gostar do cheiro, seu filho ser alérgico além do risco de terminar o prazo de validade caso você traga muito.

- fraldas. De novo, a adaptação do bebê conta muito. E isso só dá para descobrir com o tempo e depois que ele nascer

- móveis. Os preços não são tão melhores e o frete e a trabalheira para trazer não compensam.

- extrator de leite e outros eletrônicos: vale a pena comprar lá sim, mas não se esqueça de trazer peças de reposição, principalmente se o modelo não for vendido no Brasil, senão pode virar um elefante branco


fonte: Crescer

Um comentário:

andre disse...

compre desse site http://www.mercadozets.com.br/ e gostei o site entrega rapido e com nota fiscal e garantia

tem berço eletronicos celulares tv notebook computador acessorios para carros brinquedos artigos infantis e muito mais

tem mais de 2000 produtos
... ...
http://www.mercadozets.com.br/

acessorios no link abaixo

http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=110